Projeto Arte & Literatura aos sábados

O projeto Arte & Literatura aos sábados iniciou suas atividades no ano de 2009 com o objetivo de envolver a comunidade em geral com a arte e a literatura por meio de diferentes linguagens. Desde então, foram realizadas apresentações de dança, música, leituras dramáticas, rodas cantadas, exibições de filmes e animações, contação de histórias, oficinas, brincadeiras, entre outras atividades que dialogam com o universo artístico-literário. 

 
 

 

 

Projeto de extensão

Mundo da Leitura, modos de ler o contexto das escolas municipais

O Projeto Mundo da Leitura, modos de ler o contexto das escolas municipais constitui-se na continuidade da parceria entre a Fundação Universidade de Passo Fundo e a Prefeitura Municipal de Passo Fundo/Secretaria Municipal de Educação a partir de um convênio de distribuição do programa 'Mundo da Leitura' para 15 escolas municipais.

O projeto consiste em apresentar aos educadores e alunos do Ensino Fundamental (1ª ao 5ª), ações diferenciadas de leitura por meio da linguagem audiovisual. As escolas contam um kit de DVDs do programa acompanhado de um livro 'Mundo da Leitura na TV: guia de atividades III, voltado aos educadores, com sugestões a serem desenvolvidas, em sala de aula, com os alunos. Para mediar e desenvolver as ações os educadores serão instrumentalizados com oficinas de educomunicação.

O projeto também oportunizará a apreciação de práticas leitoras socioeducativas interdisciplinares no ambiente escolar e no espaço do Centro de Referência de Literatura e Multimeios (CRLM) para educadores e alunos.

Objetivo Geral

  • Oportunizar a imersão artístico-cultural e tecnológica de professores e alunos em práticas leitoras Multimidiais por meio da instrumentalização de alunos de graduação, proporcionando troca de saberes entre a Universidade e a comunidade escolar, de modo a contribuir para a formação desses sujeitos como cidadãos autônomos e críticos, ampliando sua inserção social. 

Objetivos específicos 

  • Oportunizar aos professores e alunos a apreciação de práticas leitoras elaboradas pelos alunos de graduação no ambiente escolar e no espaço do Centro de Referência de Literatura e Multimeios da Universidade de Passo Fundo;

  • Desenvolver oficinas de educomunicação para os professores com o intuito de aproximá-los da linguagem audiovisual, desencadeando a sua compreensão e interpretação dessa linguagem, com vistas a prepará-los para mediar o programa de TV com seus alunos;

  • Propor aos professores a produção de práticas sócio-educativas interdisciplinares a partir dos conteúdos do programa de TV com a finalidade de aplicá-las aos alunos e, também, publicá-las em meio impresso e em mídias digitais;

  • Incentivar os alunos das escolas envolvidas no projeto a organizar atividades culturais envolvendo a escola e seu entorno a partir dos conteúdos do programa de TV, bem como a produzir vídeo, fotografia, instrumentos musicais, texto escrito, brinquedos artesanais, entre outros;

  • Criar um portal, hospedado no servidor da Universidade de Passo Fundo, para serem compartilhadas e divulgadas as experiências do projeto, abrindo espaço à discussão das atividades desenvolvidas pela comunidade escolar e acadêmica.

  • Realizar a publicação de trabalhos acadêmicos relacionados ao projeto em eventos científicos.

Metodologia

Entende-se que a metodologia adotada para desenvolver o projeto leva em conta a interação entre grupos sociais ou culturalmente diferentes. Os alunos extencionistas, os educadores e alunos das escolas participantes, a comunidade escolar, são todos atores das ações propostas, em consequência estão envolvidos no processo de pesquisa e na definição dos rumos das atividades.

  • Reuniões semanais de estudos e de avaliação com a equipe interinstitucional do projeto;

  • Encontros com os educadores das escolas participantes do projeto;

  • Apresentação de práticas leitoras para alunos e educadores no ambiente do Centro de Referência de Literatura e Multimeios da Universidade de Passo Fundo, proporcionando vivências culturais fora dos muros escolares;

  • Empréstimo de acervos do Centro de Referência de Literatura e Multimeios para as escolas participantes do projeto;

  • Oficinas de educomunicação para educadores das escolas participantes do projeto;

  • Elaboração de práticas leitoras pelos educadores participantes do projeto a partir do kit de DVDs e Guia de atividades distribuídos às escolas;

  • Elaboração de práticas leitoras pelos educadores, e posterior aplicação para seus alunos;

  • Realização de dois momentos artísticos na escola envolvendo a comunidade escolar, pais e familiares;

  • Sistematização e disponibilização das ações desenvolvidas por educadores e alunos no portal do projeto (hospedado no servidor da Universidade de Passo Fundo).

Público alvo

Alunos e educadores de 1º ao 5º ano do ensino fundamental de quinze escolas municipais de Passo Fundo. Irão participar do projeto cinco turmas de cada escola, uma por nível de ensino. As quinze escolas já estão integradas ao projeto.

Local de realização

Escolas Municipais de Passo Fundo (15 escolas selecionadas) - Universidade de Passo Fundo/Centro de Referência de Literatura e Multimeios - Mundo da Leitura.

Avaliação

  • Avaliação in loco de todas as ações do projeto. Planejamento, implementação, monitoramento e avaliação do desenvolvimento do projeto.
  • Aplicação de instrumentos de pesquisa e avaliação aos educadores e alunos em diferentes ações do projeto.

Coordenação

Tania Mariza Kuchenbecker Rösing

Projeto aprovado com recursos – Edital PROEXT 2016 - MEC/SESu

 

Projeto Livro do Mês

O município de Passo Fundo, no ano de 2006, recebeu o título de Capital Nacional da Literatura, após o presidente Luís Inácio Lula da Silva sancionar a Lei Federal 11.264, de 02/01/2006, oriunda de projeto apresentado à Câmara Federal pelo deputado Beto Albuquerque. Da mesma forma, por indicação do então deputado estadual Luciano Azevedo, Passo Fundo também tornou-se Capital Estadual da Literatura, por meio da Lei nº 12.838, de 13/11/2007, da Assembleia Legislativa/RS. Uma das ações proposta no Projeto Passo Fundo – Capital Nacional da Literatura é o Projeto Livro do Mês, que visa a consolidar o processo de formação de leitores, oferecendo aos alunos a oportunidade de ler um livro, debatê-lo com o autor presente e apropriar-se das ideias emergentes das discussões, desenvolvendo atitudes positivas frente à leitura.

Metodologia

O Projeto Livro do Mês é uma promoção da Prefeitura Municipal de Passo Fundo e da Universidade de Passo Fundo, essa parceria foi firmada no mês de junho de 2006, após a construção da proposta do Projeto Passo Fundo – Capital Nacional da Literatura. Anualmente, a comissão interinstitucional se reúne para a seleção das obras observando alguns critérios, entre eles: ser obra de literatura nacional contemporânea voltada para jovens, compor catálogos de editoras, sites e blogs, ser avaliada mediante parecer de professores universitários e constar, de preferência, em listas de autores premiados no Brasil e no exterior, em prêmios literários reconhecidos nacional e internacionalmente.

É importante salientar a parceria entre as editoras responsáveis pela publicação do livro do mês, às quais cabe viabilizar o deslocamento dos (as) autores (as), a Prefeitura Municipal, que adquire duzentos e cinquenta exemplares de cada obra, produz o material de divulgação e financia o transporte dos alunos da rede pública municipal de ensino para o seminário, a Universidade de Passo Fundo, responsável pela hospedagem e alimentação dos convidados, a divulgação da obra na imprensa escrita, falada e televisiva e o Serviço Social do Comércio de Passo Fundo (Sesc), que cede gratuitamente o seu teatro para a realização dos seminários do projeto.

Público envolvido

O público alvo do Livro do Mês são alunos do Ensino Fundamental e Médio, das modalidades de Educação de Jovens e Adultos e Educação Especial, universitários, professores universitários e da rede pública e privada de ensino. Também visa a atender a comunidade em geral interessada em literatura. Na rede municipal, a Secretaria Municipal de Educação organiza um rodízio entre as trinta e cinco escolas para que todas participem ao menos de um seminário no ano, sendo que normalmente participam cerca de seis escolas municipais por mês. As escolas estaduais e particulares participam por adesão.

 

Autores e obras selecionados ao longo de 10 anos

2006

  • Josué Guimarães (in memoriam)  Enquanto a noite não chega – L&PM
  • Jorge Furtado  Meu tio matou um cara e outras histórias – L&PM
  • Luis Augusto Fischer  Quatro negros – L&PM
  • Caio Riter  O rapaz que não era de Liverpool  Edições SM
  • Ignácio de Loyola Brandão – O segredo da nuvem – Global
  • Jorge Miguel Marinho  Lis no peito: um livro que pede perdão – Biruta
  • Mirna Pinsky – A grande viagem Mercuryo Jovem
  • Daniel Munduruku  Crônicas de São Paulo – Callis

2007

  • Pablo Morenno  Por que os homens não voam? – WS Editores
  • Celso Gutfreind – Grilos – Artes e Ofícios
  • Paulo Bentancur  Bodas de osso – Bertrand Brasil
  • Gustavo Bernardo – Desenho mudo – Ática
  • Luiz Schwarcz - Minha vida de goleiro – Companhia das Letrinhas
  • Gabriel Pensador - Um garoto chamado Rorbeto – Cosac Naify
  • Marisa Lajolo - Destino em aberto – Ática

 2008

  • Jane Tutikian – Fica Ficando – Edelbra
  • Ivanir Calado – A Caverna dos Titãs– Record
  • Cristovam Buarque – O tesouro na rua – Rosa dos ventos - Record
  • Luiz Antonio Aguiar  Confidências de um pai pedindo arrego  FTD
  • Walcyr Carrasco  Palavra não dita – Moderna
  • Sacolinha – 85 letras e um disparo!  Global
  • Fernando Bonassi  Declaração do moleque invocado  Cosac Naify

 2009

  • Lilia Moritz Schwarcz e Spacca  D. João Carioca – Companhia das Letrinhas
  • José Clemente Pozenato  O caso da caçada de perdiz  Maneco
  • Marina Colasanti  La Joven tejedora e Do seu coração partido  Global
  • Flávio Carneiro  A distância das coisas – Edições SM
  • Rodrigo Lacerda  O fazedor de velhos – Cosac Naify

 2010

  • Joel Rufino dos Santos  O barbeiro e o judeu da prestação contra o sargento da motocicleta Moderna
  • Emily Dickinson (Ângela Lago)  Um livro de horas Scipione
  • Toni Brandão  Kina, a surfista Melhoramentos
  • Luis Dill  De carona, com Nitro Artes e Ofícios
  • Heloísa Prieto  Cidades dos deitados Edições Sesc SP / Editora Cosac Naify
  • Luciana Savaget  Enigmas de Huasao: uma história peruana - Global
  • Luís Pescetti - Dá pra acreditar?  Edições SM

 2011

  • Mario Teixeira  Alma de fogo: um episódio imaginado de Álvares de Azevedo  Ática
  • Índigo  Um pinguim tupiniquim  Girafinha
  • Nelson Cruz  No longe dos gerais Cosac Naify
  • Maria José Silveira  O voo da Arara Azul Callis
  • Ilan Brenman  Contador de histórias de bolso: Brasil  Moderna
  • Sonia Rodrigues  Eu sou Maria/ Os doze trabalhos de Hércules  Formato
  • Gustavo Melo  Acertando o alvo – Maneco

 2012

  • Marcelo Carneiro da Cunha  Antes que o mundo acabe Projeto
  • Ondjaki  Ynari: a menina das cinco tranças  Companhia das Letras
  • Miguel Sanches Neto  Amor de menino  Galera Record
  • Klévisson Viana  Os três mosqueteiros em cordel  Leya
  • Flávia Reis  Bernardo e o Enigma das Amazonas  Callis
  • Sérgio Vaz  Literatura, pão e poesia  Global
  • Tânia Alexandre Martinelli  Pai? Eu?!  Atual/Saraiva
  • Stella Maris Rezende  A guardiã dos segredos de família Edições SM

2013

  • Beatriz Abuchaim  Habitantes de corpos estranhos Projeto
  • Uili Bergamin  Contos de amores vãos  Maneco
  • Décio Teobaldo  Pivetim Edições SM
  • Rafael Gomes  Tudo o que é sólido pode derreter  Leya
  • Reginaldo Prandi  Os príncipes do destino Cosac Naify

2014

  • Dilan Camargo  Poeplano  Projeto
  • Carina Rissi  Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo Record
  • Stela Barbieri  Simbad, o marujo  Cosac Naify
  • Suzana Montoro  Nem eu nem outro – Edições SM
  • Raphael Montes  Dias perfeitos Companhia das Letras
  • Flávia Lins e Silva  Diário de Pilar em Machu Picchu  Zahar
  • Carolina Munhóz – Feérica – Casa da Palavra

 2015

  • Anna Claudia Ramos  Petra do coração de pedra  Galera Record
  • Rosana Rios  Pérola, o ano do dragão – Callis
  • Ieda de Oliveira  As cores da escravidão – FTD
  • Ulisses Tavares  Viva a poesia viva – Saraiva
  • Florencia Ferrari  Palavra cigana Cosac Naify

 2016

  • Josué Guimarães (Tabajara Ruas)  É tarde para saber – LP&M
  • Ricardo Azevedo – Fragosas brenhas do mataréu – Ática
  • Christopher Kastensmidt  A Bandeira do Elefante e da Arara: o encontro fortuito –Devir
  • Manu Maltez – Desequilibristas – Peirópolis
  • Fábio Yabu – A Última Princesa – Galera Record
  • Danilo Leonardi – Por que Indiana, João? Giz Editorial
  • Angelo Brandini  O bobo do rei Companhia das Letrinhas
  • Rosa Amanda Strausz  Uólace e João Victor  FTD

 

Nessa primeira década de realização do Projeto Livro do Mês, foram lidas 74 obras, discutidas presencialmente com 73 escritores, com o apoio de 33 editoras brasileiras. É uma comprovação de que as questões de leitura podem se efetivar a partir de parcerias inteligentes e sensíveis.